Visualização dos acessos a fóruns num ambiente de EaD

 

Relatório:
Relatório VAFAE

Artigo na Revista de Ciências e Computação:
Desenvolvimento de uma ferramenta visual para análise das interações em fóruns num ambiente de e-learning

Site:
VAFAE – Visualização dos acessos a fóruns num ambiente EaD

Abaixo pode ver uma cópia do site, mas para uma melhor visualização, siga o link acima indicado.

O ensino à distância é responsável pela formação de muitas pessoas nos mais variados cursos, e nos mais variados lugares do mundo. Nesses ambientes, é possível monitorizar as interacções dos utilizadores, tais como a suas participações em fóruns, chats, descarga de ficheiros, etc. Embora essa informação seja muito útil, a sua interpretação nem sempre é fácil, pois está baseada normalmente em tabelas textuais e numéricas.

Com o crescimento do número de alunos nos ambientes de educação à distância, é aumento do respectivo fluxo de informação circulante, a extracção de conhecimento a partir dessa informação, é algo bastante trabalhoso.
Por esse motivo, a aplicação de técnicas de visualização de informação pode ser considerada um diferencial para analisar os dados de utilização de ambientes virtuais de aprendizagem.

Foi para apresentar algumas soluções para o desafio levantado que esta aplicação foi desenvolvida.

Este projecto foi realizado para a Unidade Curricular “Projecto Final” da Licenciatura em Informática da Universidade Aberta.

Os dados utilizados no VAFAE foram extraídos do moodle a partir do relatório dos logs dos alunos no espaço da unidade curricular utilizada para caso de estudo.
De seguida, os dados foram carregados em SQL Server 2012 instalado no ISP, utilizando a ferramenta de importação do Microsoft SQL Server Management Studio.

Para a construção dos gráficos, foram utilizadas as ferramentas de código aberto Dimple e D3.js.
O Dimple é uma biblioteca em D3.js que, através da disponibilização de alguns gráficos pré-definidos, retira complexidade à sua criação quando comparado com a mesma tarefa em D3.js.
Todos os gráficos foram criados em Dimple à exceção dos mapas, pois não havendo modelos pré-definidos para mapas no Dimple, foi necessário recorrer às funções em d3.geo para os desenhar.

0 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *